19/05/2017 - Cidade


Prefeitura de Ribeirão Pires fecha sala de enfermagem do Terminal Rodoviário


O fechamento da unidade foi alvo de críticas dos vereadores durante a sessão de ontem. Rubão disse que a titular não conhece a cidade

Porta fechada para o atendimento no Terminal Rodoviário da EstânciaA manutenção no cargo da secretária de Saúde de Ribeirão Pires, Patrícia de Freitas, vem ficando insustentável, crescem as críticas a profissional.
 
  Na sessão da Câmara, ocorrida na tarde de ontem, o vereador João Lessa (PSDB) usou a tribuna para reclamar do fechamento do posto de enfermagem do Terminal Rodoviário. 
 
 "Estava correndo umas notícias de que o posto de enfermagem da rodoviária ia fechar e eu procurei a secretária para falar sobre a importância dele e que muitas pessoas buscam atendimento lá. Ela disse que ia estudar o caso e sem comunicar ninguém, fechou. Ontem (quarta-feira) passei por lá para medir minha pressão e me deparei com o posto fechado. Hoje, fui até lá novamente e constatei que já não funciona há cerca de oito dias", disse Lessa a Folha.
 
Bastou a fala de Lessa, para que o presidente da Casa, vereador Rubens Fernandes, o Rubão (PSD) fosse à tribuna para tecer críticas para Freitas.
 
  “Eu tenho certeza que a secretária da Saúde não anda na cidade, não é daqui, né? Não sabe nem onde é a rodoviária nossa.
Não sabe nem quantos atendimentos tiveram na rodoviária”, frisou Rubão. 
 
A Prefeitura esclareceu que está havendo readequação de profissionais e verifica a real necessidade da sala no terminal.