16/05/2017 - Editorial


Deixe a gripe fora do seu corpo




Até o dia 26 de maio deverão ser vacinadas, em todo o Brasil, 54,2 milhões de pessoas que integram o público-alvo, para tanto, em todo o país, a campanha conta com uma estrutura formada por cerca de 36 mil salas de vacinação e com a participação de aproximadamente 240 mil pessoas. Além disso, serão utilizados mais de 27 mil veículos terrestres, marítimos e fluviais, que possibilitarão a vacinação em populações que vivem em áreas de difícil acesso, como as ribeirinhas e os povos indígenas.
 
 Mas qual o motivo de tamanha mobilização? O perigo da doença! 
 
O último boletim de influenza do Ministério da Saúde aponta que, até 6 de maio, foram registrados 605 casos de influenza em todo o país. Do total, 30 foram por gripe A H1N1, sendo que oito evoluíram para óbito por H1N1. Em relação ao vírus Influenza A (H3N2), foram registrados 398 casos e 52 mortes. Houve ainda 111 casos e 30 óbitos por influenza B. Os outros 66 casos e 9 óbitos foram por influenza A não subtipada. 
 
Em todo o ano passado, o Ministério da Saúde registrou 12.174 casos de influenza de todos os tipos no Brasil. Deste total, 10.625 foram por influenza A (H1N1), sendo 1.987 óbitos.  Em relação ao vírus Influenza A (H3N2), foram notificados 49 casos e 10 mortes em 2016.
 
 Agora em São Paulo, além dos grupos prioritários, o Governo do Estado ampliou o público-alvo e incluiu bombeiros, carteiros e profissionais que atuam com grande número de pessoas. 
 
Não custa alertar que a vacina é gratuita e está disponível em todos os postos de saúde. 
 
Gestantes, idosos, portadores de doenças crônicas, não podem deixar de se vacinar.
 
 Lembre-se que é preciso manter a gripe longe do corpo.