Folha de Ribeirão Pires


08/02/2019 09:44 - Polícia

Cambistas são presos por fraude no Bilhete Único

Seguranças da CPTM abordaram os homens que estavam em atitude suspeita

Ambulantes praticando venda ilegal de bilhetes após prisões em 2017 / Foto: Acervo Folha RPDois homens foram presos em flagrante comercializando cartões Bilhete Único fraudados na Estação Ferroviária de Ribeirão Pires, na última segunda-feira (4). 
 
Segundo informações do Boletim de Ocorrência, agentes de segurança da Companhia Paulista de Trens Metropolitano (CPTM) foram acionados na estação para atender ocorrência de venda ilegal de cartões de passe. M.A.C.S, de 24 anos, e A.L.J, de 29 anos, foram abordados próximo à plataforma de embarque sentido Brás. 
 
M.A.C.S confessou que estava comercializando cartões falsificados. Já A.L.J alegou que havia comprado um dos cartões de M.A.C.S. 
 
A dupla foi detida pelos seguranças da CPTM e encaminhada à Delegacia de Polícia de Ribeirão Pires, onde foram autuados em flagrante pelo crime de falsificação de papéis públicos. 
 
Foram apreendidos 39 cartões Bilhete Único e, ainda, R$296,50 derivados das vendas ilegais. Os cartões apreendidos foram analisados por um assessor de segurança patrimonial e fraudes da SPTrans, que constatou a fraude nos bilhetes, estando todos com valores de recarga acima do saldo oficial. 
 
Os acusados são reincidentes específicos, tendo passagem pela Polícia pelo mesmo crime. O indiciado A.L.J ainda possui passagem por tráfico de entorpecentes. 
 
A dupla foi recolhida à carceragem local e teve prisão preventiva decretada. 
 
A  venda de bilhetes fraudados é recorrente na Estância. Em 2017, a Folha noticiou uma ação da Polícia Civil que resultou em dois flagrantes pelos crimes de receptação qualificada, praticados por vendedores ambulantes que comercializam os cartões Bilhete Único.
 
Mudanças no Bilhete Único
 
A fim de evitar fraudes nos cartões, a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT)  e a SPTrans promoveram mudanças no valor máximo de recarga do Bilhete Único sem personalização, ou seja, sem dados pessoais identificados no cartão, e Vale Transporte que foram emitidos até 2013. O valor que antes era de R$350, agora será de apenas R$43 (valor de dez tarifas). A mudança entrou em vigor no último dia 1.
 
Cartões  que já possuem recarga acima de R$43 poderão ser utilizados até junho. Após esse prazo,  bilhetes com valores acima do estipulado não serão aceitos pelo sistema. A SPTrans ainda está autorizada a bloquear cartões que forem flagrados com recargas fraudadas e comunicar a infração à Polícia.  

+21
+22°
+16°
Ribeirao Pires
Terça-Feira, 24