Folha de Ribeirão Pires


11/08/2017 10:12 - Polícia

Motorista que matou homem atropelado na Sapopemba e fugiu é identificado

Veículo danificado foi localizado na garagem da residência na Quarta Divisão, coberto por um pano, e encaminhado para perícia

Perícia deve buscar por material biológico da vítima no automóvelA Polícia Civil de Ribeirão Pires, com o trabalho da equipe de inteligência do setor de investigação, identificou na última terça-feira, dia 8, o motorista que atropelou, matou e fugiu o segurança Agnaldo João Garcia, de 51 anos, que caminhava pelo acostamento da Estrada de Sapopemba em direção ao bar onde realizava bicos. O acidente aconteceu por volta das 21h de sábado, dia 5.
 
De acordo com a Polícia, o rapaz de 27 anos foi localizado após conversas com testemunhas, que informaram as características do automóvel, sendo um Celta vermelho, e uma informação não ofícial de que um veículo similar estaria coberto em uma residência na região da Chácara Rosalina, na Quarta Divisão.
 
Em diligências pelo local informado, a denúncia foi confirmada e familiares do motorista foram contatados. O rapaz deveria se apresentar na residência aos policiais, mas seu advogado informou que o rapaz se apresentaria na mesma data diretamente na Delegacia.
 
Por volta das 18h, o rapaz informou aos policiais em depoimento que no momento do acidente não percebeu o atropelamento, mas acreditou que alguma coisa tivesse sido lançada no automóvel para que o veículo parasse. 
 
Com o parabrisas e retrovisor esquerdo quebrados, não conseguiu observar o que havia na pista e, com medo de parar em local sem iluminação, seguiu para sua residência.
 
O veículo danificado foi coberto por um tecido e mantido na casa. Ainda de acordo com ele, somente quando viu em noticiários sobre o acidente soube que havia atropelado um homem e entrou em contato com advogado.
 
Apesar da apresentação do motorista, que foi indiciado pelos crimes de homicídio culposo na direção de veículo automotor, com agravo pela omissão de socorro e fuga de local de acidente, as investigações devem continuar. 
 
Ainda deverão ser ouvidos familiares da vítima e uma testemunha ocular.
 
O atropelador não possui passagens anteriores.
 
O veículo danificado foi apreendido e encaminhado para perícia complementar, que buscará por materiais biológicos da vítima, como sangue, tecidos ou cabelos.
 
O motorista indiciado poderá ser condenado a sete anos de detenção pelos crimes cometidos.
 
A Polícia pede ainda que novas informações que possam auxiliar nas investigações sejam passadas ao setor de inteligência da Delegacia de Ribeirão Pires, ou através do Disk Denúncia (181). 
 
A identidade do denunciante é sempre  preservada.


  Você é favorável ou contrário a Taxa do Lixo em Ribeirão Pires?
Contrário
Favorável
+21
+22°
+16°
Ribeirao Pires
Terça-Feira, 24