Folha de Ribeirão Pires


14/12/2018 09:45 - Política

Homem-forte do Governo Kiko Teixeira é exonerado

João Mancuso foi demitido pelo prefeito de Ribeirão por “causar problemas”

João Mancuso era o secretário mais próximo do prefeito Kiko Teixeira / Arquivo FolhaO prefeito de Ribeirão Pires, Kiko Teixeira (PSB), demitiu o homem-forte do seu Governo, João Mancuso. A exoneração teria ocorrido pelo esgotamento de relação entre os aliados.
 
Segundo informações levantadas pela Folha, a decisão de exonerar o braço direito teria sido tomada no início da semana, tendo como estopim o fato de Mancuso estar “causando problemas” ao prefeito.
 
Fontes ouvidas pela Folha falam que Mancuso teria desrespeitado uma servidora, indignando Kiko.
 
Não é de hoje que o prefeito tem que chamar a atenção de Mancuso, o secretário que ocupava a pasta de Chefe do Gabinete coleciona polêmicas, sempre relevadas pelo prefeito.
 
Quando secretário de Comunicação esteve envolvido em polêmica de escândalo sexual, afastado do posto, seguiu próximo de Kiko, quando passou a promover interlocução com a Câmara de Vereadores, colecionando desafetos, entre eles, o presidente da Casa, Rubens Fernandes (PSD), que  chegou a dizer que o salário pago ao secretário teria melhor uso se fossem contratados calceteiros para manutenção de ruas.
 
Foi colocado ainda nas costas de Mancuso um suposto esquema para incriminar o vereador Paixão (PPS). Logo após a prisão de um pichador em 2017, o rapaz confessou que o parlamentar teria financiado o material para o ato criminoso. Paixão colocou a culpa do seu envolvimento no secretário: “Todo mundo aqui sabe que é o senhor quem faz a maldade”, disse Paixão, sendo rebatido pelo secretário: “Eu não sou e não faço maldade”, durante sessão da Casa de Leis.
 
A Prefeitura não comunicou a razão da demissão e Mancuso não retornou aos contatos. 
 

+21
+22°
+16°
Ribeirao Pires
Terça-Feira, 24