Folha de Ribeirão Pires


09/03/2018 09:42 - Dizem por aí

Dizem por aí 09/03/2018

Que o prefeito de Ribeirão Pires, Kiko Teixeira (PSB), pode ter aberto outra crise institucional com a base aliada na Câmara de Vereadores.
 
Que parte da bancada de apoio da Casa de Leis da Estância não gostou de ver Kiko com dois vereadores de Rio Grande da Serra, durante encontro com o deputado estadual Caio França (PSB).
 
Que Kiko levou Akira Auriani e Zezinho da Lavínia, ambos do PSB, para aproximar relações políticas e conseguir verbas do Governo do Estado para Rio Grande da Serra.
 
Que os legisladores da Estância  ficaram desconfortáveis com as imagens nas redes sociais, já que o prefeito não os convida para estarem próximos dos deputados aliados de Kiko.
 
Que por falar no deputado estadual Caio França, nos bastidores políticos uma dúvida fomenta as rodas de conversas.
 
Que nos últimos dias aumetou as chances de Carla Morando, esposa do prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando (PSDB), concorrer a Assembleia Legislativa.
 
Que Orlando Morando é padrinho político do prefeito de Ribeirão Pires, Kiko Teixeira (PSB), e deve cobrar o apoio do afilhado para a sua mulher.
 
Que Kiko já prometeu ao deputado Caio França, filho do vice-governador Márcio França (PSB), que estará no seu grupo de apoio.
 
Que a dúvida é: Em qual palanque Kiko estará? 

Filtre matérias de Dizem por aí em:

  • Ribeirão Pires
  • Rio Grande da Serra
  • São Paulo
  • +21
    +22°
    +16°
    Ribeirao Pires
    Terça-Feira, 24