Folha de Ribeirão Pires


05/12/2017 10:02 - Dizem por aí

Dizem por aí 05/12/2017

Que o prefeito de Ribeirão Pires Kiko Teixeira (PSB) tentou de todas as formas aprovar a Taxa do Lixo na manhã de ontem, contudo, foi derrotado por unanimidade. 
 
Que a votação expressiva pegou o Paço de surpresa, nem mesmo o líder de Governo na Câmara, Silvino de Castro (PRB), votou favorável.  
 
Que Silvino estava irritado, cobrou maior habilidade do prefeito e de seus interlocutores, não poupou os enviados do prefeito à Casa de Leis para explicar o projeto aos demais vereadores. 
 
Que o enviado de Kiko foi o secretário de Gestão e Planejamento, Eduardo Nogueira.
          
Que Rato Teixeira (PTB), sobrinho do prefeito Kiko Teixeira (PSB), também se colocou contrário ao projeto da taxa, contrariando ordens expressas do mandatário. 
 
Que Rato Teixeira teria recebido telefonema do tio para votar favorável ao projeto, mas recusou a ordem devido o clamor popular. 
 
Que outro a “descumprir” a determinação do Executivo da Estância, foi o vereador Rogério do Açougue (PSB). 
 
Que o aliado de 1ª hora do Paço, foi a Tribuna e disse que não poderia se posicionar favorável a Taxa do Lixo, pois foi eleito para representar a população ribeirãopirense e não o Governo Municipal.

Filtre matérias de Dizem por aí em:

  • Ribeirão Pires
  • Rio Grande da Serra
  • São Paulo
  • +21
    +22°
    +16°
    Ribeirao Pires
    Terça-Feira, 24