Folha de Ribeirão Pires


14/08/2015 11:32 - Folha nos Bairros

Da pavimentação só chegaram as placas

Moradores dizem que benfeitoria foi anunciada com alarde, mas nada foi feito

Placa indica que topo de morros serão pavimentados; a obra não começouQuem chega aos pontos mais altos do Jardim Caçula se depara com duas cenas. A primeira, a natureza que se mostra plena e bela, a segunda, placas indicando obras de pavimentação asfáltica em topos de morros. Os moradores brincam que ambas as cenas possuem a mesma idade.
 
Segundo populares, a Prefeitura foi no bairro, fez festa para anunciar as obras e nada aconteceu.
 
O Folha nos Bairros procurou a Prefeitura para saber quando começam as intervenções nos locais.
 
Através de nota, afirmou que as vias citadas aguardam liberação de recurso da Caixa Econômica. Por meio de emenda parlamentar no valor de R$ 542.550,00, serão pavimentadas as seguintes vias: Eça de Queirós, Cecília Meirelles e Casemiro de Abreu. Além destas, outras vias muito íngremes terão pavimentação nos denominados “tops”, que compreende a parte mais alta da via o que facilitará o acesso aos veículos.
 
A Administração não deu prazo para o início dos trabalhos.


Quando o ônibus demora para passar


Maria Edileuza Galindo, moradora na Estrada da Matinha, aguarda o ônibus chegar num local rodeado pela natureza. A calma até vale a espera, isso se a demora dos ônibus não ultrapassasse os 40 minutos. A moradora diz que esse é o tempo médio, mas pode ser maior. 
 
Quem mora na Matinha é atendida por duas linhas, a intermunicipal (Rio Grande da Serra) e a municipal Jardim Caçula, mesmo assim, nem todos os horários atendem a região, essa é a principal reclamação de dona Maria Galindo. 
A Prefeitura diz que irá buscar meios para melhorar o atendimento do local através da linha municipal. 


A vida que passa entre um pastel e outro


O nome dela é Vanete Santana, mais conhecida como dona Vanda, a comerciante que junto do companheiro José Amaro dos Santos, tem a vida alavancada pela barraquinha de pastel que fica em frente ao campo de futebol do bairro, na principal avenida. Hoje, a barraquinha ganhou um reforço, dona Vanda comprou um trailler, fruto de uma troca de um “fusquinha velho”, assim tem como servir melhor os clientes. 
 
Moradora do Caçula há três décadas sabe bem dos problemas e qualidades da região. Diz que havia problemas com a falta de médicos, hoje resolvido, mas deixa claro que remédios ainda faltam no posto de saúde. Reclama que o comércio é pequeno e por isso o preço é salgado.
 
Mas não troca o Caçula por nada. Diz que a maior qualidade do bairro está nas pessoas e na segurança, já que deixa o comércio aberto e vai para o centro de Ribeirão fazer compras. Quando volta, tudo está no lugar.
 
“Eu gosto daqui, a natureza é bela, o local calmo e as pessoas me tratam com carinho”, encerra a comerciante esboçando um leve sorriso.


Vale a pena lutar pelo que se acredita


Milton Machado, 20 anos de Jardim Caçula e muita história para contar. Nas idas e vindas que a vida nos proporciona, seu Milton se orgulha em afirmar que contribuiu para melhoria do bairro. Junto de outros moradores, lutou por anos pela instalação do escadão, com corrimão, entre as ruas Cecília Meireles e Matinha. Foram oito anos de muita briga e discussão com as autoridades.
 
Ele vai até o local, relembra detalhes daquele tempo, e olha saudosista para o equipamento que requer manutenção, aproveitando para cobrar as melhorias. 

Comentários


leandro zacarias
26/09/2015 - 12:31
Boa tarde !
É inacreditável a irresponsabilidade deste prefeito que tenta ludibriar os munícipes com estas ações, expor placas anunciando melhorias nos bairros como por exemplo pavimentação, ora atendendo o principio constitucional da Publicidade, todo ato administrativo de ser publico com valor da obra, prazo, empresa contratada, enfim tudo o que o nobre prefeito não fez.
Sou mais um contribuinte do bairro da vila bonita, a qual consta na lista de manobras desta administração amadora, alerto desde já que estas improbidades administrativas serão alvo de denuncia e investigação pelo ministério publico .
Era o que me cabia !

Responder


Filtre matérias de Folha nos Bairros em:

  • Ribeirão Pires
  • Rio Grande da Serra
  • +21
    +22°
    +16°
    Ribeirao Pires
    Terça-Feira, 24