Folha de Ribeirão Pires


30/11/2018 10:06 - Política

Claudinho é eleito em Rio Grande e Rato leva a presidência em Ribeirão

Eleição da Mesa Diretora nas duas cidades teve troca de acusações e muita negociação de bastidores 

Claudinho leva a disputa para presidência da Casa de Leis de Rio Grande A Câmara de Rio Grande da Serra escolheu na noite da última quarta-feira a nova composição da Mesa Diretora que terá a responsabilidade de administrar a Casa de Leis pelos próximos dois anos.
 
Na cidade, a reviravolta marcou o pleito. O favorito Ébio Viana de Oliveira, o Bibinho (PSDB), viu a sua candidatura minguar duas semanas antes da eleição, após surgir a candidatura o líder de Governo, Claudinho Monteiro (PSB).
 
A votação tensa teve trocas de acusações entre os parlamentares e muita negociação de bastidores. Ao final, Monteiro foi eleito por 7 votos a 6 de Bibinho. A nova composição da Mesa a patir de 1º de janeiro será: Claudinho Monteiro, PSB (Presidente), Silvio Menezes, PDT (Vice-presidente), Jhol Jhol, PSD (1º Secretário), João Mineiro, PSDB (2º Secretário) e Agnaldo, PSDB (3º Secretário).
 
“Eu quero agradecer aos cinco guerreiros, comigo seis. Para que o público fique ciente, nós tínhamos dez votos, apalavrado conosco, sobrou seis. Parabéns para vocês, porque nós somos homens, não nos vendemos por micharia”, disse Bibinho ao agradecer o apoio dos vereadores Marcelo Cabeleireiro (sem partido), Claurício Bento (DEM), Benedito (PT), Akira (PSB) e Zezinho da Lavínia (PSB).
 
O presidente eleito, Claudinho Monteiro preferiu não polemizar, usou tom amistoso durante o discurso. “Nós sabemos o quanto é tenso disputar a eleição para presidente, mas hoje eu não tenho dúvidas que Deus não escolhe os capacitados, ele capacita os escolhidos. Que a disputa fique no dia de hoje, que possamos olhar para frente, nós temos que trabalhar para trocar o prédio que não tem acessibilidade. E pode ter certeza que essa disputa, da minha parte, vai ficar por aqui”, prometeu o eleito.
 
Rato Teixeira ganha na cidade de Ribeirão Pires Em Ribeirão Pires, a escolha da nova Mesa Diretora ocorreu na tarde de ontem. Três chapas concorreram, e o vencedor foi o vereador Rato Teixeira (PTB) que obteve 12 votos dos 17 possíveis. O atual presidente e candidato a reeleição, Rubens Fernandes, o Rubão (PSD) obteve 4 votos. Já Amigão D’Orto (PTC) ficou com um.
 
O pleito ocorreu de forma conturbada com trocas de acusações. “Tenho vergonha de vocês que se dizem diferentes votarem em um candidato que está escondido atrás do paletó”, disse Amigão ao se referir a Rato, sobrinho do prefeito Kiko Teixeira (PSB).
 
Para o novo titular que assume em primeiro de janeiro, o momento requer prudência e respeito.
 
“Farei um mandato respeitando todos os vereadores, parabéns presidente Rubão pela gestão e obrigado aos colegas que votaram em mim”, disse Rato Teixeira.
 
Derrotado, Rubão destacou os avanços em seu mandato.
 
“Fiz uma gestão voltada para o servidor, reformamos a Câmara, colocamos segurança, reduzimos custos. O ano passado devolvemos mais de meio milhão aos cofres públicos, neste ano será mais de R$ 800 mil”, disse o presidente.
 
Amigão D’Orto defendeu uma gestão moderna, com corte de gastos, o fim dos cargos em comissão na presidência e a redução do número de cadeiras no Legislativo.
 
“Essas são as minhas propostas, agora, quem quiser colocar em prática 50% delas,eu apoio”, provocou Amigão. 
 
A Mesa Diretora da Casa ficará assim composta: Rato Teixeira, PTB (Presidente), José Nelson de Barros, MDB (Vice-Presidente), Silvino de Castro, PRB (1º Secretário), Carlinhos Trindade, PPS (2º Secretário) e Arnaldo Sapateiro, PSB (3º Secretário). Ainda votaram na chapa vencedora os vereadores: Edson Savietto, o Banha (PPS), Paixão (PPS), Amaury Dias (PV), Paulo Cesar (MDB), João Lessa (PSDB), Rogério do Açougue (PSB) e Gê do Aliança (PSB).
 

+21
+22°
+16°
Ribeirao Pires
Terça-Feira, 24