Folha de Ribeirão Pires


08/02/2019 09:40 - Cidade

Cai por terra mais uma promessa do prefeito Kiko

Estado cancela convênio para terminar o Hospital Municipal 

Futuro hospital está localizado na Santa Luzia / Rde Social/Ana CarolinaUma das principais promessas de campanha do prefeito de Ribeirão Pires, Kiko Teixeira (PSB), pode ficar apenas na promessa. O alardeado término do Hospital Municipal na região da Santa Luzia poderá não sair do papel.
 
Durante a campanha eleitoral de 2016, Kiko e o seu vice-prefeito Gabriel Roncon (PTB) se comprometeram que a população da Estância teria o “mais breve possível” o hospital funcionando. Agora, o prefeito se depara com a realidade, o Governo do Estado de São Paulo cancelou o repasse de verba para as obras e, por enquanto, o hospital fica como está, inacabado.
 
Em julho do ano passado o prefeito comemorou a assinatura de convênio junto ao Governo de SP, garantindo R$ 3 milhões visando à retomada das obras do complexo hospitalar, contudo, o governo estadual, por meio da Secretaria da Saúde, cancelou o convênio do equipamento. Iniciado em 2008, desde 2013 não há investimentos no local. O valor seria destinado às obras do pavimento térreo, reservado para o  Centro Cirúrgico/Obstétrico.
 
A Folha indagou a Prefeitura de Ribeirão Pires sobre o cancelamento do convênio e as medidas que serão tomadas para rever o ato, mas não obteve resposta. Ao jornal Diário do Grande ABC, o Paço infomou que solicitará audiência junto à Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo para apresentar toda a documentação que garantiu ao município, em 2018, a liberação de R$ 3 milhões.
 
A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo informou que o convênio com Ribeirão Pires entra em processo de reavaliação, sem previsão de data.
 
Parques
 
Em janeiro deste ano, o governador João Dória (PSDB) determinou o cancelamento do convênio que garantiria à Estância a verba de R$ 1,6 milhão destinada a construção de um Parque Linear na região central.
 
Como no caso do cancelamento de convênio destinado às obras do complexo hospitalar, o prefeito da Estância, Kiko Teixeira (PSB) havia assinado o convênio, e comemorado a obra que compreenderia a reestruturação e revitalização do entorno do Ribeirão Grande, situado na Avenida Prefeito Valdírio Prisco – do trecho que vai do Complexo Ayrton Senna até a altura do Jardim Panorama.
 
“Essas intervenções, inclusive a implantação do Parque Linear, somente são possíveis graças ao trabalho de gestão financeira responsável e da regularização de convênios junto ao Dadetur”, disse o prefeito no ato da assinatura do convênio.
 
As negativas do governo estadual a projetos indicados por Kiko não vem de hoje, em abril do ano passado, um montante anunciado pelo então prefeito em exercício, Gabriel Roncon (PTB), no valor de R$ 1 milhão, voltado a reforma do Parque Pérola da Serra também foi barrado. Articulada e anunciada pelo deputado Campos Machado (PTB), a verba acabou indeferida pelo Estado, e o parque segue sem a reforma necessária. 

+21
+22°
+16°
Ribeirao Pires
Terça-Feira, 24