Folha de Ribeirão Pires


30/10/2018 12:09 - Folha nos Bairros

Avenida Dom Pedro I: palco de grandes festividades de Rio Grande

Além de sediar os desfiles de aniversário da cidade, a avenida já foi local de desfiles de carnaval 

Fanfarra em comemoração ao 36º aniversário de Rio Grande da Serra, em 2000 A principal via da cidade de Rio Grande da Serra, e que carrega o nome do primeiro imperador do Brasil, a Avenida Dom Pedro I é destaque no caderno Folha nos Bairros desta terça-feira.  
 
Além de sua importância quando se trata de mobilidade, a Dom Pedro I é responsável por sediar as festividades do município, como o desfile cívico e os tradicionais desfiles de carnaval.
 
O aniversário da cidade é comemorado oficialmente no dia 3 de maio, entretanto, as comemorações têm início no dia 1 junto com o Dia do Trabalhador, onde a bandeira de Rio Grande da Serra é hasteada e alunos de escolas municipais e estaduais desfilam ao som das fanfarras da cidade.
 
Neste ano, no aniversário de 54 anos da cidade, a festividade ainda contou com Concurso de Miss, o Festival do Cambuci e o Passeio Inclusivo, Ecológico e Turístico.
 
Na década de 90, em tempos de carnaval, a Dom Pedro I era tomada por foliões a espera dos desfiles das escolas de samba locais, eram elas: União Riogranserrense, União Verde e Rosa e Imperadores da Serra. Também aconteciam shows de axé, pagode, samba e apresentação da bateria das escolas, no Largo da Independência.  
 
Os desfiles prosseguiram até o ano de 1997 (confira as fotos abaixo), sendo retomados apenas em 2001, numa parceria entre as três escolas e a coordenação de eventos da Prefeitura, visando resgatar a tradição da cidade e integrar a maior festa popular do país.  
 
Na retomada da comemoração, os organizadores contaram com a solidariedade dos munícipes para produzir fantasias e decorações, tendo como objetivo tornar aquela edição dos desfiles na festa da reciclagem.  
 
O que começou de forma simples e, de certa forma, pequena, foi ganhando corpo com o passar dos anos. Em 2012, a Escola União Riogranserrense - fundada em 1992 - contava com 250 membros, 50 deles atuando apenas na bateria. Para ver os desfiles, a platéia se concentrava nas calçadas da ladeira da Avenida Dom Pedro I até a Rua do Progresso, local de dispersão das alas.  
 
Em 2013, o Carnaval de Rua de Rio Grande da Serra foi interrompido devido um confronto entre foliões e a Polícia Militar, após o encerramento do festejo oficial. A confusão teve início por volta das 2h, quando dois carros passaram a tocar música alta, atraindo cerca de 700 pessoas.

Desfile de Carnaval -1997


Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira da Escola Imperadores da Serra - Arquivo: Folha de Ribeirão PiresIntegrantes da Escola de Samba União Verde e Rosa Arquivo: Folha de Ribeirão PiresAla da Escola de Samba Imperadores da Serra Arquivo: Folha de Ribeirão Pires





Opinião dos moradores


 
Dora Andrade - 53 anos 
 
Dona de uma loja de roupas na avenida há 14 anos, Dora conta que o comércio é devagar pelo fato de ser uma cidade dormitório.
“Aqui é um complemento para renda, não dá para viver somente do que ganho aqui.” 
 
Para ela, uma das principais necessidades do local é a implantação de um semáforo. Segundo Dora, a cidade cresceu sem planejamento e agora sofre com as consequências.
 
“Apesar de ser uma área de comércios, não há uma diversidade de lojas”, destaca.



 
Lígia Trindade Romeiro Gomez - 74 anos
 
Para a comerciante Lígia Trindade, a Avenida Dom Pedro I é um ótimo local para trabalhar, apesar do movimento fraco. “Tenho meu bazar há 15 anos e nunca fui assaltada, é muito tranquilo”, afirma. “Seria bom ter um pouco mais de segurança por aqui.”
 
Ela ainda ressalta as condições de infraestrutura apresentada pelo local: “a iluminação é ótima, o asfalto também, apesar de alguns buracos na calçada”.



 
Geraldo Silvério Gomes - 59 anos
 
Trabalhando no local como guardador de carro há mais de dois anos para suprir as necessidades causadas pelo desemprego, Gomes ressalta que é preciso duplicar as faixas da avenida. “A cidade cresceu, e essa rua ficou muito apertada para a quantidade de carros.”
 
Ainda de acordo com o morador, arrumar uma vaga de emprego no lugar é muito difícil. Por esse motivo, decidiu trabalhar olhando veículos. “Mesmo assim, eu não consigo manter minha vida com o pouco que ganho”, finaliza. 




Serviços 


 
Teatro Municipal  Zulmira Teixeira Jardim
Av. Dom Pedro I, 428 - Centro
 
Registro Civil das Pessoas Naturais e Tabelião de Notas
Av. Dom Pedro I, 427 - Centro, Telefone: 4820-1562
 
Delegacia de Polícia 
Rio Grande da Serra
Av. Dom Pedro I, 272 – Centro Telefone: 4820-1530
 
Prefeitura Municipal 
Av. Dom Pedro I, 10 -  Centro Telefone: 4820-8200
 
CEME – Centro De Especialidade Médicas
Av. Dom Pedro I, 590 -  Centro Telefone: 4821-5106
 
Auditório EMEB Primeira-Dama Zulmira Jardim Teixeira
Av. Dom Pedro I, s/nº - Centro Telefone: 4821-9142
 
Segurança, Trânsitoe Defesa Civil
Av. Dom Pedro I, nº10 - Centro Telefone: 4821-8101
 
Secretária do Meio Ambiente
Av. Dom Pedro I, nº10-  Centro Telefone: 4821-2715
 
 

Filtre matérias de Folha nos Bairros em:

  • Ribeirão Pires
  • Rio Grande da Serra
  • +21
    +22°
    +16°
    Ribeirao Pires
    Terça-Feira, 24