Folha de Ribeirão Pires


27/10/2015 09:54 - Editorial

Alckmin quer cada um no seu quadrado

O Governo do Estado de São Paulo divulgou na manhã de ontem a tão esperada reorganização escolar, ou melhor, parte dela, já que suprimiu os nomes das 94 escolas que serão fechadas em todo o Estado.
 
Segundo o governador Geraldo Alckmin (PSDB), cada escola será destinada a um ciclo de ensino, o que daria maior comodidade aos estudantes e qualidade no ensino. Justificativas aceitas no âmbito pedagógico, entretanto, combatida por estudantes e professores que pouco foram ouvidos para as mudanças.
 
O fechamento das unidades, demissões de professores e a incerteza de que haverá escolas próximas para todos, são as maiores queixas, e o Governo nesses itens não consegue dar respostas satisfatórias.
 
Mais uma vez, as mudanças aconteceram de cima para baixo, e o momento do diálogo atrasado, já que no dia 14 de novembro será realizado um encontro com a comunidade, nele, explicações serão dadas e críticas anotadas, mas para qual serventia? Nenhuma, a decisão já está tomada.
 
O governador Geraldo Alckmin deveria ter ouvido mais a população e esclarecido sobre seus objetivos, dessa forma, por mais que se tente, não haverá como colocar “cada um no seu quadrado” como tanto espera o governador. 

Filtre matérias de Editorial em:

  • Ribeirão Pires
  • Rio Grande da Serra
  • São Paulo
  • Mauá
  • +21
    +22°
    +16°
    Ribeirao Pires
    Terça-Feira, 24