Folha de Ribeirão Pires


30/10/2015 11:11 - Editorial

Alckmin passou o cadeado nas escolas

Após meses de angústia e incertezas, o Governo do Estado de São Paulo anunciou a relação das 94 escolas estaduais que deixam de operar a partir de 2016. Seis unidades estão localizadas na região do Grande ABC, a metade em Ribeirão Pires. 
 
Para o governador Geraldo Alckmin (PSDB) o fechamento das escolas é uma medida necessária para adequar a demanda e melhorar o sistema de ensino; apostando em ciclos únicos, Geraldo espera melhorar os índices educacionais no Estado que não andam muito no positivo. 
 
A medida que aparentemente agrada apenas ao Governo, vem recebendo críticas de todos os lados. Estudantes, pais e professores fazem coro contra a reorganização e apontam que é preciso mais que adequar prédios. 
 
O sindicato da categoria bate pesado e aponta que professores serão demitidos e alunos prejudicados por terem de estudar longe de casa. 
 
Apesar da grita geral, de nada adiantou, o governador mandou passar o cadeado em boa parte das unidades e irá enviar os alunos para escolas mais próximas, mesmo que não sejam tão próximas assim. 
 
O tema ainda deverá ganhar mais episódios, já que sindicatos e estudantes prometem lutar para que as escolas retomem as atividades e continuem funcionando no próximo ano letivo.  
 
Agora é aguardar e ver se o Governo do Estado, através do governador Geraldo Alckmin, irá ouvir a voz que vem da rua, ou seguirá firme na reorganização escolar. 
 
Só o tempo dirá! 
 

Filtre matérias de Editorial em:

  • Ribeirão Pires
  • Rio Grande da Serra
  • São Paulo
  • Mauá
  • +21
    +22°
    +16°
    Ribeirao Pires
    Terça-Feira, 24