Folha de Ribeirão Pires


08/08/2017 09:47 - Editorial

Acidentes que vitimam inocentes

O ano de 2017 vem sendo marcado pelos acidentes envolvendo vítimas fatais. No último final de semana, enquanto muitos se divertiam no Festival do Chocolate, uma família chorava a morte de um ente querido. Um Celta atropelou um homem no acostamento da Estrada do Sapopemba, em Ribeirão Pires, fugiu do local, deixando o corpo estendido na lateral da pista.
 
Esta é apenas uma das tragédias ocorrida neste ano na Sapopemba. Foram seis registros de mortes por atropelamento ou acidente de carro no local nos sete primeiros meses do ano.
 
Apesar da pouca luminosidade na via e as curvas perigosas, a estrada é bem sinalizada, possui bom asfalto, contudo, o que está faltando é prudência aos motoristas.
 
Outro ponto destacado nas ocorrências policiais é a constatação de que na maioria dos casos, o motorista havia ingerido bebidas alcoólicas.
 
É o caso de um morador de Santo André de 57 anos, não habilitado e que exalava odor etílico e colidido o seu carro contra uma carroça onde estava um senhor de 63 anos identificado como Sebastião Gomes de Oliveira e sua neta de oito anos. Com o impacto, ambos foram arremessados para fora do veículo de tração animal e Sebastião morreu. O acidente ocorreu em 15 de junho.
 
Recentemente, a Estrada do Sapopemba foi palco de mais um acidente de trânsito com vítima fatal. A colisão frontal em que se envolveram os veículos GM Vectra Sedan e GM Classic deixou Fabiana Teles Tavares de Almeida Cosso, de 36 anos, morta na Estrada.
 
Sábado, foi a vez de Agnaldo João Garcia, 51 anos entrar para a estatística.
 
Até quando? 
 

Filtre matérias de Editorial em:

  • Ribeirão Pires
  • Rio Grande da Serra
  • São Paulo
  • Mauá
  • +21
    +22°
    +16°
    Ribeirao Pires
    Terça-Feira, 24