Política

Volpi busca verba junto ao Estado para concluir hospital

Obra pode ser concluída em 15 meses caso os entendimentos avancem

Clóvis Volpi e o vice-governador, Rodrigo Garcia

Imagem:Divulgação

Por Redação

Na última terça-feira (16) o prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi foi recebido no Palácio dos Bandeirantes pelo vice-governador e secretário estadual de Governo, Rodrigo Garcia, para tratar do aporte de R$ 10 milhões para conclusão das obras do Hospital e Maternidade Santa Luzia.

O encontro foi articulado conjuntamente entre o presidente do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, Paulo Serra (PSDB), o deputado federal Geninho Zuliani (DEM) e o deputado estadual Thiago Auricchio (PL).

Otimista com a reunião, o prefeito destacou que Estado e município entraram numa rota de ajustes e, possivelmente, até o final de março o processo deverá avançar. “O vice-governador compreendeu as nossas necessidades e está ciente do que significa esse hospital para a região”, disse revelando ainda que o vice-governador já contatou o Departamento de Convênios da Secretaria Estadual da Saúde e que os entendimentos jurídicos e financeiros com o município já foram iniciados.

Com todo o trâmite documental pronto, o prefeito estima que as obras sejam concluídas em 15 meses. “Será uma conquista para a saúde de Ribeirão Pires”, celebrou.

As obras do complexo hospitalar foram iniciadas em 2008, na primeira passagem de Volpi pela Prefeitura Municipal, e recebeu recursos da União e do Governo Estadual para erguer o projeto, que foi dividido em cinco blocos.

Até o momento, foram construídos e entregues pelo município os blocos onde funcionam a Secretaria de Saúde e a UPA Santa Luzia.

No edifício que abrigará o hospital, no 2º andar, foi concluída a construção do laboratório de análises clínicas, que está em funcionamento. O complexo contará ainda com centro cirúrgico/obstétrico; pediatria e maternidade; bem como leitos de internação.

Mais lidas agora

Últimas em Política