Cidades

No Grande ABC, aplicação de doses da CoronaVac pode ter início nesta tarde

39 mil doses da vacina serão distribuídas entre as sete cidades; a intenção é que a imunização seja realizada de forma simultânea

Paulo Serra anuncia previsão de chegada da CoronaVac em rede social

Imagem:Reprodução Redes Sociais

Por Marília Gabriela

O presidente do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB) utilizou as redes sociais na manhã desta terça-feira (19) para anunciar que a região receberá ainda nesta tarde cerca de 39 mil doses da vacina CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica Sinovac. 

O anúncio foi realizado às 6h30 da manhã em uma sala instalada ao lado do Hospital de Campanha do Complexo Pedro Dell’Antônia, em Santo André. Acompanhado por dois profissionais de Saúde, o presidente do Consórcio afirmou que as Prefeituras apenas aguardam a chegada das doses, que serão entregues pela Secretaria Estadual de Saúde.

O envio das doses será feito de forma proporcional, levando em consideração a população e o público-alvo da primeira fase, composta por profissionais da Saúde e indígenas.

As 39 mil doses serão distribuídas da seguinte maneira: São Bernardo do Campo receberá 11.840 doses da CoronaVac, Santo André, 11.360; Mauá, 4.760; Diadema, 4.480; São Caetano do Sul 4.480; Ribeirão Pires 1.160; e Rio Grande da Serra, 440 doses.

Outras 39 mil frações ficarão reservadas para a segunda dose da imunização, prevista para acontecer em até 21 dias.

Segundo Paulo Serra, assim que as vacinas chegarem aos centros de distribuições municipais as Prefeituras darão início a aplicação das primeiras doses nos profissionais de Saúde que estão na frente do combate à Covid-19.  “Este é o primeiro passo para a vitória em uma guerra que está longe de acabar. Mas estamos muito felizes por iniciar a campanha de imunização. Hoje será um dia importante, histórico”, resssaltou.

A próxima remessa de doses da vacina deve ser definida após a possível aprovação de mais 4 milhões de doses da CoronaVac pela Anvisa para o uso emergencial. A solicitação foi enviada pelo Instituto Butantan à agência na manhã da última segunda (18).

Com a possível permissão, o Consórcio ABC estima que ao menos 60 mil doses sejam destinadas à região em um primeiro momento.

A campanha regional prevê a imunização de 270 mil pessoas até março. Para isso, as Prefeituras seguem a estruturar cada qual o seu Plano Municipal de Vacinação contra a Covid-19, a fim de definir as estruturas físicas, insumos e funcionários necessários para imunizar a população.

 

Fases da vacinação serão divulgadas no ConectSus

 

Na última semana, o Ministério da Saúde anunciou que o aplicativo Conecte SUS será utilizado como ferramenta digital para integrar todos os dados dos cidadãos ao Sistema Único de Saúde (SUS), bem como para facilitar o acesso às informações sobre as fases de aplicação da vacina contra a Covid.

No aplicativo, o usuário já pode ter acesso ao seu número de cadastro no SUS e, em breve, poderá acompanhar o cronograma de fases da vacinação, com datas e respectivos grupos a serem imunizados, além do histórico recente das últimas aplicações. A pessoa também terá acesso ao lote da vacina que recebeu e ficará informado sobre a data da aplicação da segunda dose contra a Covid-19.

É importante destacar que o uso do aplicativo não será obrigatório ou impeditivo para um usuário ser imunizado contra o novo coronavírus.

Entretanto, quem quiser utilizar a ferramenta deve baixar gratuitamente o app nas lojas de aplicativos e realizar um cadastro com login e senha no sistema nacional, por meio do site do governo (www.conectesus-paciente.saude.gov.br).

Mais lidas agora

Últimas em Cidades