Política

Ribeirão e Rio Grande iniciam processo de transição dos poderes executivos

Primeira reunião das equipes de transição foi realizada na última terça (24); atualização de informações predominaram nos encontros

Prefeito Kiko e secretária de Finanças, Antônia Constâncio

Imagem:Divulgação

Por Marília Gabriela

A última terça-feira (24) foi marcada pelo início da transição entre os governos municipais. Os prefeitos de Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, Kiko Teixeira (PSDB) e Gabriel Maranhão (Cidadania), se reuniram com líderes e gestores que irão assumir a administração das prefeituras nos próximos quatro anos.

Na data, a presença da secretária de Finanças Antônia Constâncio no gabinete do chefe do Executivo da Estância marcou o início da transição entre os governos de Kiko (PSDB) e Clóvis Volpi (PL).

Antônia será responsável por liderar os trabalhos, tendo em seu currículo 60 anos de experiência na vida pública. Pelo atual Governo também farão parte da equipe de transição os secretários de Administração, Adriano Campos; de Governo, Rosangela Vieira; de Saúde, João Gabriel Vieira; de Obras, Melissa Duaik; e o superintendente do Imprerp – Instituto Municipal de Previdência de Ribeirão Pires, Patrick Pavan.

Como de costume no processo de transição, foi entregue um ofício à Prefeitura solicitando informações sobre questões financeiras e de governo. Kiko afirmou que irá fornecer os esclarecimentos e informações necessárias para dar continuidade aos serviços municipais essenciais, especialmente no âmbito relativo ao combate à Covid.

Entre as informações já solicitadas à atual gestão estão cópia de relatório resumido de execução orçamentária; indicação das fontes de recurso; relação de processos licitatórios em curso, entre outros.

Vale lembrar que até o início de dezembro o prefeito eleito Clóvis Volpi, e seu vice, Amigão D´Orto (PSB) seguem a quarentena em casa por estarem com Covid-19. Após a recuperação, ambos retornarão às atividades da agenda para a posse.

Na tarde do mesmo dia, Maranhão recebeu em seu gabinete o prefeito eleito, Claudinho da Geladeira (Podemos). O encontro marcou o início ao processo de transição de governo da Prefeitura de Rio Grande da Serra. Segundo Claudinho, o encontro foi positivo. “A conversa foi boa, deu tudo certo”, afirmou.

Penha Fumagalli (PTB) eleita vice-prefeita, também participou da reunião.

Nesta primeira etapa, Claudinho e Maranhão irão protocolar em ofício os cinco integrantes de cada lado responsáveis pela interlocução entre os governos. Os nomes dos representantes ainda não foram divulgados. Na sequência, será realizado um novo encontro entre os governantes com o intuito de indicar os projetos e programas em andamento no município, bem como, os contratos vigentes, para mapear os principais problemas e ainda, reorganizar os trabalhos das principais secretarias.

Conforme destacado no plano de governo de Claudinho, as áreas de saúde, segurança e infraestrutura receberão maior destaque.  “Vamos poder ver como estão as finanças do município, o setor administrativo, até para saber como encaixar nosso plano de governo na realidade econômica de Rio Grande”, comentou o prefeito eleito.

 

Imagem: Encontro entre Maranhão e Claudinho marca início de transição

Mais lidas agora

Últimas em Política