Cultura

Casa da Juventude e Artes Urbanas recebe revitalização e ampliação de serviços

Prefeitura apresentou, oficialmente, o novo espaço com entrega de certificados de oficinas realizadas no local e intervenção cultural

Casa da Juventude e Artes Urbanas é um espaço destinado às artes, atividades esportivas e políticas públicas destinadas aos jovens do município

Imagem:Divulgação

Por Redação

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Participação e Inclusão Social (SPAIS), entregou à população, no último sábado (14), a revitalização da Casa da Juventude e Artes Urbanas (antiga Casa do Hip Hop e Juventude), localizada na Avenida Santo André, 1013, no Centro Alto.

O espaço passa a ter novo nome, em memória ao jovem “Alex Sander dos Santos Silva”, nascido em Araçatuba, morador de Ribeirão Pires que, aos 24 anos, teve sua vida interrompida após trágico acidente de canoa na Represa Billings.

“O Alex era um menino maravilho, que tinha o sonho de ser psicólogo. Ainda estou superando essa perda. Está sendo muito gratificante para mim o dia de hoje. Tenho muito orgulho do meu filho”, discursou emocionada, Zilda dos Santos, mãe de Alex, durante a cerimônia.

Além da revitalização, o local amplia seu leque de atuação. A Casa passa a receber atividades culturais, cursos palestras e reuniões, num exercício contínuo de aprimoramento da cidadania e inclusão social da juventude.

“Ampliamos as atividades desenvolvidas na Casa e abrimos o espaço para toda população, principalmente os jovens. Esse espaço está destinado às artes, atividades esportivas e políticas públicas destinadas aos jovens e desenvolvidas por eles também. A pedido do prefeito, fizemos essa singela homenagem ao querido amigo Alex”, afirmou a secretária de Participação e Inclusão Social, Elza da Silva Carlos, a Elzinha.

Estiveram presentes no evento o prefeito da Estância Adler Teixeira – Kiko e a presidente do Fundo Social e primeira-dama de Ribeirão Pires, Flávia Dotto. “Em 2016, tive a oportunidade de rever o Alex e conhecer suas propostas para política pública aos jovens e de melhoria de vida a essas pessoas. Quero que aqui se desenvolva um trabalho de acolhimento, crescimento, oferecendo oportunidades a esse público. Precisamos entender a linguagem jovem e transmitir bons ideais, por meio da arte urbana, da dança, entre outras manifestações”, declarou o prefeito.

O evento contou também com a entrega de certificados aos alunos das Oficinas de Trança e Pintura Facial, realizadas no início desse ano pela Prefeitura na Casa da Juventude, e a intervenção cultural do rapper Mano Brother.

Mais lidas agora

Últimas em Cultura