Cidades

Secretaria de logística e transportes entra na segunda semana com ações do maio amarelo

São mais de 200 atividades no mês que visam despertar boas condutas no trânsito

O mês de maio marca ações em várias partes do mundo para incentivar as boas condutas no trânsito visando a segurança viária

Imagem:Divulgação

Por Redação

A Secretaria Estadual de Logística e Transportes, por meio do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) e da Agência de Transporte de São Paulo (Artesp), mantém durante todo o mês as atividades do Maio Amarelo no Estado de São Paulo. Com o tema "No trânsito, o sentido é a vida", são mais de 200 atividades interativas. As ações também envolvem as 21 concessionárias que integram o Programa de Concessões Rodoviárias do Estado.

As atividades do Maio Amarelo compreendem a distribuição de material educativo com foco nos diversos atores do trânsito como motoristas, pedestres, motociclistas, caminhoneiros, passageiros de ônibus e ciclistas. O DER e as concessionárias intensificaram ainda a comunicação de mensagens relativas ao tema nos painéis eletrônicos das rodovias, em sites e nos seus canais de mídias sociais, visando alertar o maior número de pessoas possível para a importância do Maio Amarelo.

ÓCULOS DE EMBRIAGUEZ – O DER irá realizar uma apresentação com óculos de embriaguez, que simula como a visão da pessoa pode ficar prejudicada ao ingerir álcool. A ação com o simulador visa conscientizar os condutores a respeitar as leis de trânsito, entre elas, não dirigir após consumir qualquer quantidade de bebida alcoólica. Essas ações serão itinerantes e irão acontecer durante o mês em cidades do Estado.

RODOVÍRTUA – Desenvolvido pela Artesp e pelo o DER, a programação do Maio Amarelo conta com atividades com o Rodovírtua - óculos de realidade virtual que simula situações de risco no trânsito. Quem usa o equipamento educativo vivencia, no mundo virtual, situações de perigo ao volante. Os filmes permitem simular os riscos e os perigos de dirigir sob efeito do álcool; usar o celular ao volante; realizar ultrapassagem perigosa; ou, no caso dos pedestres, atravessar vias em locais não permitidos. A ideia é que esses riscos virtuais sirvam de alerta para que as pessoas não se arrisquem na vida real.

Durante o mês estão programadas 32 ações com o equipamento em todo o Estado, parte delas abertas ao público em geral e outras atividades, em parcerias com empresas, escolas ou entidades, para um público restrito. Em todas as ações previstas para o Maio Amarelo, como ocorre habitualmente, também serão distribuídos gibis da Turma da Mônica que abordam o tema segurança viária com foco no aprendizado das crianças. O material é produzido a partir de uma parceria entre a Agência Reguladora e a Maurício de Sousa Produções. Além das histórias, os gibis contam com passatempos que ensinam a garotada a desenvolver um comportamento seguro e consciente no trânsito.

Mais lidas agora

Mais Cidades