Política

Só três vereadores de RP querem CEI da Iluminação

Apenas Rubão, Amigão e Danilo da Sopa assinaram requerimento de inclusão

Rubão foi o autor do requerimento que contou com o apoio dos vereadores Amigão e Danilo da Casa de Sopa

Imagem:Divulgação

Por Wagner Lima

A Câmara de Ribeirão Pires rejeitou na sessão de ontem (9) o requerimento de autoria do vereador Rubens Fernandes, o Rubão (PSD) que pedia a abertura de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para investigar o contrato de iluminação pública firmado pela Prefeitura e a Ribeirão Luz.

Além de Rubão, apenas outros dois legisladores votaram favoráveis a abertura, Amigão D’Orto (PTC) e Danilo da Casa de Sopa (PSB). “Requeri a CEI, pois a Prefeitura já pagou mais de R$ 4,7 milhões para a empresa (Ribeirão Luz), e boa parte das ruas da cidade estavam apagadas.

Temos que investigar o contrato”, defendeu Rubão. O líder do Governo, Amaury Dias (PV), se posicionou contrário, destacou que o requerimento trazia inconsistência jurídicas, entre as quais, a ausência de fato específico e a inexistência do período de investigação. “Não possui critérios constitucional, não foram cumpridos os requisitos para o pedido de abertura.

Parece que (Rubão) jogou para galera, se entrar é gol”, finalizou.

Para que o requerimento fosse votado pela Casa, seria necessária a assinatura de seis parlamentares.

O contrato entre a Prefeitura e a Ribeirão Luz terminou no início de abril, uma nova empresa foi contratada para prestar os serviços.

Mais lidas agora

Mais Política