Política

Vereadores adiam ficha limpa para comissionados

Parlamentares de Ribeirão Pires adiaram por quatro sessões a discussão do projeto

Vereador quer impor critérios na contratação de servidores de confiança

Imagem:Fotos: Arquivo

Por Wagner Lima

De autoria do vereador Danilo da Sopa (PSB), o projeto que instituía a obrigatoriedade da ficha limpa para contratação de servidores comissionados no serviço público municipal foi para gaveta. Apenas três vereadores (Danilo, Amigão e Rubão) votaram contra o adiamento pedido pelo líder do Governo, vereador Amaury Dias (PV),  por quatro sessões.

A justificativa de Amaury é a de que se faz necessário analisar melhor o projeto para que não seja alegada inconstitucionalidade.

Danilo questionou o tempo e indicou que a medida possa ser pra ganhar tempo. “Me falaram duas sessões, mas aprovaram quatro.

Se não querem votar hoje é porque tem algum ‘B.O.’ Aí tem coisa!”.

Pela legislação proposta por Danilo fica vedada a nomeação para qualquer cargo em provimento em comissão, no âmbito do Poder Executivo e do Poder Legislativo, de que tenha condenação transitada em julgado enquadrada na Lei da Ficha Limpa.

Mais lidas agora

Mais Política